domingo, 2 de dezembro de 2007

Diário do Intangível - inscrição I

__________
Por hoje, naveguei durante horas, pela noite, enquanto muitos dormiam. Não estava só, viajávamos, juntos, vários passageiros, mulheres de tailleur, homens em ternos carregando malas, todos, assim como eu, relativamente serenos, mas apressados em chegar aos nossos destinos.

Foram três portos, em intervalos curtos de tempo, o mar não estava agitado, mas sentimos a apreensão das tripulações, por vários momentos, o que nos deixava intrigados.

Aportamos, por fim, num porto distante, que nos fazia, após o desembarque, cruzar por alguns quilômetros de mata densa, passando por uma estrada asfaltada, ali construída, bem conservada, suficientemente iluminada, mais segura que a instabilidade do mar. Tínhamos, agora, os pés no chão.

Saímos divididos em vários grupos. Alguns pegavam táxis caros, outros esperavam parentes, outros, como eu, não sabiam o que fazer.


________

Nenhum comentário: