domingo, 30 de março de 2008

Agora

_
Agora, neste momento, o mundo gira. Um homem pega a mão da mulher, no meio da calçada, diz-lhe coisas, ela sorri. Tem um vestido florido, amarelo, flores vermelhas, discretas, folhas verdes. Seguram-se as mãos. Ele tem uma sacola de mercado no braço direito. Do outro lado da calçada, duas amigas conversam. Uma delas usa botas de cano longo. Estão perfumadas.

A tevê passa um comercial de cerveja com mulheres seminuas.

_

Nenhum comentário: