quinta-feira, 25 de março de 2010

Geometria


Formatos. Formatos limitados de amor. Tão formatados. Queremos amores em formatos infinitos? Quais as formas? Queiramos!

De quantas arestas é formado o seu amor? Quão formatado? Formatemos. Vamos além de dois? Que tal três, ou quatro? Um triângulo mais belo que uma linha levando de extremidade à outra.

Queiramos. Pintemos as formas fechadas com tintas alegres. Cores quentes, vermelhas, sedentas, sedutoras.

Um quadrado.
Um quinteto.
Um sexteto.

Uma orgia de arestas! Minha aresta na tua, na dele, na dela, um poliedro.

Que geométrica sensual!

Hahaha.

Gargalhadas.

O gozo.
O vértice.

Nenhum comentário: