sábado, 26 de fevereiro de 2011

Taxonomia Sexual - platô nº1

Categorias

Delícia Cremosa: Tipo de pessoa que você tem que provar.

Pelado é melhor: Tipo que se esconde em roupas desajustadas, bregas, inadequadas para sua beleza/postura. Faça o teste: tire a roupa (ou pelo menos imagine sem). Fica nota dez.

Pessoa doce: Tipo diferente do "pessoa muito doce", pois esta é enjoativa. A pessoa doce é doce no ponto. Para provar, não se pode morder. Sua delicadeza transforma mordida em agressão. É necessário lamber.

Turco: Ar mediterrâneo, um quê de muçulmano transgressor, barba como requisito fundamental (de preferência cerrada). Olhar penetrante, toque firme e delicado. Sexo à flor da pele. Turco.

Pessoa muito doce: Fuja deste tipo. É como sobremesa em excesso. É até bom, mas não dá pra aguentar por muito tempo. Enjoa.

Garotos de 20 anos pelos quais vale a pena se apaixonar: Jovens e tenros. Alguma maturidade manifesta, somada ao jeito sacana, que só os garotos de 20 anos têm. Lúbrico, pequeno, sensual. Para segurar o rosto com as duas mãos, afagar. Aproxime-se e inspire. Sinta seu cheiro.

Ver também: Movimento Conceitualista, Conceito versus Categoria, Taxonomias Sexuais, Príncipe, Flerte Compulsivo: um conceito

Um comentário:

Suzana Zana disse...

AAAAAAAAAAhahahahahahahaha
ajuda bastante colar atrás da porta do quarto pra não se perder entre tantos tipos e mestiçarias...