domingo, 7 de agosto de 2011

Cataclisma

Um zilhão de empurrões, um cataclisma, uma fenda anti-inércia. Um beijo, uma droga, uma saliva, um movimento. Um amor, um impacto violento.

Na minha cama.

Nenhum comentário: