domingo, 23 de março de 2014

perspectiva

não era calma, era só silêncio.

*
cada pessoa tem um traço, um desenho.

*
você está preso a que lugar?

*
como reage o teu corpo, quando acaba a paciência?

*
os limites de cada um.

*
como você quer ser visto?

*
uma pintura inacabada pendurada na parede da sala, há meses, diz muita coisa.

2 comentários:

Maria Eu disse...

E uma parede branca também...

Jean Souza disse...

Verdade.